Laboratório Aberto – Programa Formativo

O Laboratório Aberto é um programa de formação livre voltado para as práticas educativas, artísticas e críticas, é baseado na intercessão entre linguagens e formas diversas de produção e disseminação de conhecimentos. O programa anual se abre para propostas de formações livres, como cursos, oficinas, ativações e outras formas de propagação do conhecimento, ministradas por pessoas da educação, artes, culturas, ciências humanas e sociais, arte-educação, pedagogias dissidentes, pretagogias, teorias, conhecimentos não-capturáveis, etc. A chamada se destina a receber propostas formativas que acontecerão em regime de parceria com a CASAMATA ao longo de 2021, através de nossas plataformas virtuais. Poderão ser inscritas propostas de proponentes de todos os territórios brasileiros. 

A CASAMATA

[a] CASAMATA é uma plataforma expandida focada nos múltiplos cruzamentos de linguagens artísticas, práticas de vida e produção de conhecimentos, conectando ações e pessoas. Desenvolvendo projetos e ações voltadas para o campo das artes visuais, cinema, literatura, formação, teorias e produção cultural. Difundindo obras e artistas através de exposições coletivas, mostras audiovisuais, publicação de livros, residências artísticas, filmes, laboratórios de criação e de pesquisa. Iniciada ao final de 2017, a CASAMATA nasce com o desejo de conectar pessoas e ampliar relações sobre arte e pensamento. Atuando sobretudo em Fortaleza, CE, em conexão com o mundo através do Nordeste do Brasil, atravessada por pensamentos curatoriais que levam em perspectiva as discussões sobre relações de raça, gênero, dissidência sexual, territórios e periferias, em estruturas anticoloniais, ou seja, que leva em conta as multiplicidades e diversidades de corpos e sujeitos. O que está em jogo são mecanismos de desmonte das estruturas coloniais da sociedade na busca por construir novas realidades e mundos possíveis. [c]

APRESENTAÇÃO

É objeto desta chamada o processo de inscrição e seleção de propostas formativas e educativas em formatos diversos a serem realizadas nas plataformas digitais da CASAMATA em regime de parceria e co-produção.

São elegíveis propostas inscritas por pessoas de qualquer território brasileiro, podendo ser pessoas brasileiras ou estrangeiras naturalizadas brasileiras, e no caso de pessoas brasileiras atualmente residentes em outros países, também estão elegíveis para esta chamada.

São elegíveis propostas ministradas por pessoas dos vastos campos da educação, artes, culturas, ciências humanas e sociais, arte-educação, pedagogias dissidentes, pretagogias, teorias, conhecimentos não-capturáveis, entre tantas outras.

As inscrições serão realizadas através do site www.acasamata.com entre os dias 1 a 25 de março de 2021, de forma gratuita e totalmente virtual, sendo obrigatório o preenchimento total do formulário de inscrições. 

Não há um número mínimo ou máximo de propostas a serem selecionadas, sendo o anúncio das propostas selecionadas feito diretamente por e-mail com cada proponente. 

A pessoa responsável pela formação assinará um Termo de Cooperação com a CASAMATA a fim de formalizar a parceria. 

SOBRE AS PROPOSTAS

A proposta não precisa seguir um formato específico, podendo ser curso, oficina, ativação, ou qualquer outro tipo de propagação de conhecimento, desde que sejam realizadas totalmente de forma virtual. Pedimos que utilize os campos do formulário [Apresentação, Metodologia e Referencial teórico] da forma como achar melhor e mais pertinente a sua proposta, nos dê o máximo de informações possíveis para que possamos melhor compreendê-la. Também há um campo no fim do formulário que pode ser utilizado para informações adicionais, a critério da pessoa proponente.

As propostas deverão acontecer entre maio e dezembro de 2021. 

O formulário é composto por duas partes, sendo a primeira parte voltada para os dados pessoais da pessoa proponente e a segunda parte voltada para os dados da proposta inscrita, a saber: 

PARTE 1 – Dados pessoais 

  1. Como você se chama? *
  2. Telefone * (DDD + Número de celular)
  3. E-mail *
  4. Região do país *
  5. Estado de residência atual *
  6. Cidade *
  7. Declaração racial *
  8. Declaração de gênero *
  9. Pronome de tratamento que você utiliza para si
  10. Declaração de sexualidade *
  11. Territórios: Você pertence a alguma comunidade tradicional? * )Considera-se por comunidade tradicional: povos indígenas, quilombolas, comunidades de matriz africana ou de terreiro, extrativistas, ribeirinhos, caboclos, pescadores artesanais, entre outros.)
  12. Se sim, qual ou quais? 
  13. Minibio ou currículo resumido * (Insira sua minibio ou currículo resumido de até 1000 caracteres.)
  14. Currículo * (Anexe um link para acessarmos o seu currículo completo em pdf.)
  15. Site/portfólio online (Caso tenha site ou portfólio online, deixe os links aqui.)
  16. Redes sociais * (Insira suas redes sociais disponíveis.)

PARTE 2 – Dados da proposta

  1. Título da formação *
  2. Resumo curto de até 1500 caracteres *
  3. Apresentação *
  4. Metodologia *
  5. Referencial teórico/conceitual/etc * (Fale sobre as questões teóricas e/ou conceituais nas quais se inserem sua proposta, pode indicar livros, artigos, ensaios, sites, filmes, etc. Não há aqui um formato específico, fale abertamente sobre e como achar melhor.) 
  6. Palavras chaves * (Indique até CINCO palavras-chaves que resumem a sua proposta. Por exemplo: artes visuais; memória; ancestralidade. )
  7. Carga horária pretendida *
  8. Turno pretendido * (Manhã, Tarde ou Noite)
  9. Quantidade de dias *
  10. Período do ano pretendido * (Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro ou Dezembro)
  11. Quantidade de vagas gerais * (Sua proposta comporta quantas pessoas?)
  12. Quantas vagas sociais gratuitas pretende disponibilizar? *
  13. Público alvo * (Fale a quem se destina sua formação, se tem algum recorte específico, como por exemplo, idade, gênero, ou se é livre, etc. Descreva as informações que você tiver disponível.)
  14. Valor sugerido para as inscrições * (Pedimos que indique um valor que será cobrado por cada inscrição, considerando o valor mínimo de R$ 30,00.)
  15. Quer que as aulas/encontros sejam gravadas? * (Obs: NÃO é obrigatória a gravação dos encontros.e aulas.)
  16. Outras informações que achar importante nos contar * (Se quiser, pode inserir links de materiais de outros cursos ofertados, ou o que achar pertinente.)

SOBRE O PERÍODO

As formações abrangem o período de maio a dezembro de 2021, e serão agendadas em comum acordo com a pessoa proponente e a produção da CASAMATA.. 

DAS OBRIGATORIEDADES DA PROPONENTE

Realizar a formação de acordo com os termos compactuados entre ambas as partes no Termo de Cooperação e Parceria. 

Cumprir com os horários da formação, e em caso de mudança de datas e horários, informar a produção da CASAMATA em tempo hábil para poder haver a comunicação com o público participante da formação.

Caso tenha limite de vagas na formação, e a quantidade de inscritos for maior que a de vagas, a pessoa proponente deverá selecionar quem efetivamente irá participar. Neste caso, a Casamata também está disponível para mediar esse processo de seleção.

Zelar pelo respeito à dignidade de cada pessoa participante da formação, sendo expressamente proibida qualquer tipo de violência discriminatória acerca de questões raciais, de gênero, de sexualidade, de identidade, de território e regionalidade, de religião, sobretudo as de matrizes afro-brasileiras, africanas e indígenas, de classe, de capacitismo, e quaisquer outras. Em caso de descumprimento deste item será aplicada multa equivalente a 50% do valor arrecadado na venda dos ingressos e o Termo de Cooperação será encerrado automaticamente.

DAS OBRIGATORIEDADES DA CASAMATA

Toda a logística e viabilização das formações é de responsabilidade da Casamata, a saber: 

  • criação gráfica, 
  • divulgação nas redes sociais, 
  • gerenciamento da plataforma de vendas de ingressos para o público, 
  • gerenciamento das plataformas de videoconferência online (Meet/Zoom), 
  • contato com os inscritos e selecionados.

Disponibilizamos a plataforma Meet ou Zoom para uso durante as formações. Também pode ser utilizado o YouTube da Casamata, caso seja do interesse da proposta inscrita. 

A prestação de contas entre a pessoa proponente e a Casamata será realizada logo após a finalização da formação.

VALORES

Cabe ao proponente indicar um valor de ingresso por cada vaga disponível, porém, recomendamos que a proposta tenha um valor mínimo de R$ 30 por cada um. Não limitamos o valor máximo do ingresso. Também poderemos sugerir valores maiores de ingressos caso identifiquemos que o valor indicado pelo proponente está abaixo do valor de mercado ou do que de fato a formação vale em termos qualitativos/financeiros.

A plataforma Sympla, onde gerenciamos a venda dos ingressos das formações, cobra 10% a mais do valor de cada ingresso, assim, o valor final do ingresso ao público será com esse acréscimo. A divisão do valor arrecadado pelas vendas ficará da seguinte forma:

75% do valor arrecadado será destinado a pessoa proponente/ministrante da formação + 25% para a CASAMATA.

EXEMPLO HIPOTÉTICO: o ingresso tendo o valor de R$ 100 sugerido pelo proponente, o valor final para o público será R$ 110,00, considerando que R$ 75,00 desse ingresso irá para a pessoa proponente, R$ 25,00 para a Casamata, e R$ 10 ao Sympla. 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Os casos omissos poderão ser tratados diretamente com a Direção da CASAMATA através do e-mail casamata@acasamata.com.

Fortaleza, 1 de março de 2021

Nordeste do Brasil