Laboratório Aberto – Programa de formação em artes visuais

O Laboratório Aberto é um programa de formação livre voltado para práticas educativas, artísticas e críticas, baseado na intercessão entre linguagens e formas diversas de produção e disseminação de conhecimentos. O programa se abre para propostas de formações livres, como cursos, oficinas, ativações e outras formas de propagação do conhecimento, ministradas por pessoas de campos interdisciplinares, como a educação, artes, culturas, ciências humanas e sociais, arte-educação, pedagogias dissidentes, pretagogias, teorias e conhecimentos não-capturáveis.
O programa é voltado para compreender e apresentar as artes visuais em suas práticas interdisciplinares e multilinguagens, considerando atravessamentos entre formatos e práticas tradicionais, convencionais e contemporâneas, considerando ainda os aspectos socioculturais e históricos locais dos territórios onde ocorrem as suas atividades.

1ª edição | 2022

As oficinas do Laboratório Aberto acontecem presencialmente em diversos espaços divididos entre as cidades de Baturité e Redenção, ao longo dos meses de março a maio de 2022. As oficinas trarão como direcionamentos práticas e processos que vão desde aquarela e poesia, artesanato e cultura popular, escrita visual, criação de portfólios, economia criativa, processos de musealização e preservação de memória, cultura visual e partilha de saberes. Assim, as oficinas se conectam intrinsecamente com as particularidades e vivencias coletivas das cidades onde serão realizadas, nesse caso, Baturité e Redenção, atentas as questões e os contextos socioculturais locais. Sendo elas:

IMAGINAR O PASSADO: IMAGINAÇÃO HISTÓRICO, ENTRE A CATEGORIA DE ANÁLISE E UMA POSSIBILIDADE CRIATIVA NAS ARTES VISUAIS, ministrada pelo artista, fotógrafo e historiador David Felício Araújo 

ELABORAÇÃO E CRIAÇÃO DE PORTFÓLIO ARTÍSTICO, ministrada pela artista Paula Soares 

DIÁSPORAS EM CULTURAS VISUAIS, ministrada pela historiadora da arte Karina das Oliveiras e pelo museólogo Rogério Felix 

ARQUEOLOGIA DO PROCESSO CRIATIVO, ministrada pela artista visual, advogada e educadora Ana Aline Furtado 

ECONOMIA CRIATIVA E AS ARTES VISUAIS, ministrada pelo fotógrafo e produtor cultural Igor Cavalcante Moura

COMIDAS, FESTEJOS E BRINCADEIRAS COMO LUGAR DE ACOLHIMENTO, ministrada pelo artista visual Antonio Breno 

CORPORIFICAÇÃO REMINISCENTE: DESENHO, TEORIA DAS CORES E PINTURA, ministrada pelo coletivo de artistas visuais Terroristas del Amor, formado por Dhiovana Barroso e Marissa Noana

OCEANIAS POÉTICAS: MERGULHANDO NO ECOSSISTEMA DAS AQUARELAS, ministrada pela artista visual, poeta e aquarelista Tamires Ferreira

TECENDO REDES: ARTES VISUAIS E ARTESANAIS POPULARES, ministrada pelo educador, artista visual e pesquisador Levy Freitas 

IMPORTÂNCIA DO TURISMO E DA CULTURA NO MACIÇO DE BATURITÉ, ministrada pelo professor Temilson Costa 

Este projeto foi contemplado pelo Prêmio Funarte Artes Visuais Periferias e Interiores – 2021/2022. É uma realização A CASAMATA e FUNARTE, Fundação Nacional das Artes, da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo/Governo Federal. Tem parceria PEDRA GIGANTE e apoio institucional da Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura – PROEX da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira – UNILAB e do Instituto Federal do Ceará – IFCE Campus Baturité.